Cuidados Paliativos em Pediatria podem ser feitos em hospital, ambulatório e domicílio no Brasil

Confira os esclarecimentos da ANCP (Academia Nacional de Cuidados Paliativos), que é direcionado principalmente aos profissionais paliativistas que se dedicam ao atendimento pediátrico.

  1. Objetivo

A equipe de cuidados paliativos atua juntamente com os profissionais especialistas na enfermidade, para cuidar do bem estar do paciente e de sua família durante o tratamento. Nos casos de pacientes pediátricos, os cuidados paliativos podem contribuir para cuidar do sofrimento de recém-nascidos, crianças e adolescentes com doenças limitantes da vida, além de proporcionar apoio emocional às famílias.

  1. Equipe multidisciplinar

As equipes de cuidados paliativos são multidisciplinares, podendo incluir enfermeiros, pediatras, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, capelães, assistentes sociais, entre outros profissionais. Estes profissionais estarão em constante comunicação com a família dando suporte para a escolha das melhores alternativas de alivio dos sintomas.

  1. Onde pode ser feito

No Brasil o Cuidado Paliativo Pediátrico pode ser realizado em hospital, ambulatório e domicílio.

  1. Hospices: o que são?

Os hospices, ou hospitais de cuidados paliativos, são locais destinados a cuidado de pacientes com doenças crônicas, porém sem chance de cura. Esse atendimento pode ser prolongado e tem como objetivo de gerenciar a dor e os sintomas dos doentes dando auxilio emocional e espiritual para ele e seus familiares até o momento do falecimento.

Fonte: Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente – IBSP.