Avanço no tratamento de doenças mitocondriais

células_tronco_terapia_avanço_doenças_mitocondriais_saúde_topgesto (2)Cientistas revelaram nesta quarta-feira (15) terem dado um passo fundamental para a terapia com células-tronco no tratamento de doenças mitocondriais raras.

Eles “corrigiram” mitocôndrias nocivas em células da pele retiradas de pacientes para criarem células-tronco saudáveis, versáteis que podem se diferenciar em qualquer célula do tecido no corpo.

As doenças mitocondriais são raras, mas podem ser devastadoras.

Mutações nas mitocôndrias

Mitocôndrias são pequenas fontes de energia encontradas na maioria das células do corpo, transformando o açúcar e o oxigênio em energia.

Mas mutações no DNA hereditárias através da linha materna pode levá-las a um mau funcionamento, afetando qualquer coisa: da visão ou audição até músculos, coração e funções do cérebro. 

Célula saudável

A equipe coletou células da pele de pessoas com mutações no DNA mitocondrial e removeu os núcleos, que foram emparelhados com citoplasmas retirados de óvulos saudáveis doados. O citoplasma é a substância gelatinosa contendo mitocôndrias no interior da membrana celular, e em torno do núcleo.

Através desta técnica, os cientistas criaram uma célula-tronco embrionária com mitocôndrias saudáveis, afirmou o comunicado.