Instituto fecha parceria para vacina contra Zika Vírus

noticias-combate-zika

O Instituto Butantan fechou uma parceria com autoridades de saúde dos Estados Unidos para o desenvolvimento de uma vacina para o zika vírus. O acordo prevê investimentos de mais de R$ 10 milhões para pesquisas contra a doença, além de cooperação técnica entre os especialistas em vacinas da Autoridade de Desenvolvimento e Pesquisa Biomédica Avançada dos Estados Unidos (Barda) e os pesquisadores brasileiros. A instituição brasileira receberá 3 milhões de dólares do Barda para pesquisas de uma vacina com vírus inativado, incapaz de transmitir a doença. Os recursos serão investidos em equipamentos e insumos para o desenvolvimento de um imunizante contra a infecção. A expectativa é que a vacina esteja disponível para os primeiros testes em humanos já no primeiro semestre de 2017. “O investimento reconhece a excelência do instituto na pesquisa e produção de novos imunobiológicos. A parceria permitirá que a instituição prossiga na produção de uma vacina contra o zika vírus, contribuindo para o avanço das pesquisas científicas no país”, afirma Jorge Kalil, diretor do Instituto Butantan. O repasse financeiro se dará por meio de acordo entre a Barda e a Organização Mundial de Saúde (OMS) para a expansão da capacidade de pesquisa e produção de vacinas no Brasil. Além dos recursos provenientes do órgão americano, a OMS destinará doações de outros países e organizações privadas para expandir a capacidade de produção de vacinas do Instituto Butantan.