Medicamento para tratar fibrose cística é incorporado ao SUS

sus-incorpora-medicamento-para-tratar-fibrose-cistica

O Ministério da Saúde tornou pública, através de publicação no Diário Oficial da União, a decisão de incorporar a tobramicina inalatória ao Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento de infecção crônica das vias aéreas em pacientes com fibrose cística.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Assistência à Mucoviscidose, a fibrose cística é uma doença genética, crônica, que afeta principalmente os pulmões, o pâncreas e o sistema digestivo. Atinge cerca de 70 mil pessoas em todo mundo e é a doença genética grave mais comum da infância.

Um gene defeituoso e a proteína produzida por ele fazem com que o corpo produza muco de 30 a 60 vezes mais espesso que o habitual. Esse muco espesso leva ao acúmulo de bactéria e germes nas vias respiratórias, podendo causar inchaço, inflamações e infecções como pneumonia e bronquite, trazendo danos aos pulmões.

O relatório de recomendação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) sobre o medicamento está disponível para consulta no endereço eletrônico http://conitec.gov.br/ .