Planos Odontológicos crescem além das expectativas do setor

plano-odontologico-sorriso

Os planos odontológicos aumentaram sua carteira de clientes em 2,4% em agosto deste ano, na comparação com o mesmo mês de 2015, segundo o IESS, Instituto de Saúde Suplementar. “É um benefício mais barato. Muitas empresas que deixaram de oferecer planos de saúde mantiveram o odontológico”, afirma Luiz Augusto Carneiro, superintendente-executivo da entidade.

A alta contrariou as expectativas do setor, que teve uma forte queda no início deste ano, mas se recuperou e, agora, chega à sua maior base de clientes dos últimos 24 meses. O segmento é menos maduro que o de planos de saúde e, portanto, tem mais margem para expansão, afirma Andrea Figueiredo, superintendente-executiva da SulAmérica Odonto. “Além disso, a maioria das empresas oferecem os planos de forma não compulsória, ou seja, o funcionário arca com os custos”, diz ela. Os planos coletivos representam 83% do total contratado.